Segurança do trabalho

Segurança do trabalho: Conheça e pratique

Segurança do trabalho é um tema que precisa ser discutido amplamente, pois é necessário que os colaboradores de uma empresa tenham proteção contra riscos capazes de ameaçar a sua segurança e a sua saúde. Devido ao alto nível de improbabilidade administrativa, hoje existem normas como o Regulamento 6 que preveem o bem-estar dos colaboradores, definidos por lei, e que precisam ser cumpridos.

Há equipamentos de proteção que são necessários no dia a dia, diante disso existem duas categorias, sendo elas:

EPC – Equipamento de Proteção Coletiva

Enclausuramento acústico de fontes de ruído, ventilação dos locais de trabalho, proteção de partes móveis de máquinas e equipamentos, sinalização de segurança, dentre outros.

EPI – Equipamento de Proteção Individual

Abafadores de ruídos ou protetores auriculares, máscaras e filtro, óculos e viseiras, capacetes, luvas e mangotes (proteção especifica contra calor), sapatos, botas e botinas, cintos de segurança e cinturões.

Esses itens do EPC e do EPI estão resumidos e focam nos materiais e atitudes de precaução que devem ser atentados pelas empresas. Além disso vamos conhecer alguns trechos da Norma Regulamentadora 6, que prevê:

Para o empregador – 6.3 A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, EPI adequado ao risco, em perfeito estado de conservação e funcionamento, nas seguintes circunstâncias:

a) sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes do trabalho ou de doenças profissionais e do trabalho;

 b) enquanto as medidas de proteção coletiva estiverem sendo implantadas; e,

c) para atender a situações de emergência.

Para o funcionário – 6.7.1 Cabe ao empregado quanto ao EPI:

a) usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina;

b) responsabilizar-se pela guarda e conservação;

c) comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso; e,

d) cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado.

A Norma Regulamentadora 6 é composta de 12 itens, mais seus anexos, e está disponível no site da Secretaria do Trabalho. É fundamental que o trabalhador conheça seus direitos e deveres, pois existem assuntos que não podem passar desapercebidos. Não adianta oferecer serviço para os clientes se não há equipe preparada para a função, e esse preparo é referente tanto ao lado técnico quanto as condições dignas de trabalho, bem como a saúde em si dos colaboradores. As empresas precisam cumprir com os regulamentos pré-determinados e os funcionários precisam ser respeitados.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *