Pequenos provedores avançam grandes empresas em 76% dos municípios

Pequenos provedores avançam grandes empresas em 76% dos municípios

Nos últimos anos, devido à alta expansão em regiões brasileiras sem cobertura das grandes operadoras ou com cobertura restrita, as pequenas empresas de telecom têm registrado a liderança em mais de 3,5 mil cidades.

O grande destaque vai para a cobertura com fibra óptica, empresas de grande porte tem mais dificuldade para entrar em determinadas regiões devido à alta demanda de serviços o que podemos resumir em altos custos de implementação.

Pequenos provedores por sua vez, oferecem serviços a quantidades limitadas de clientes, mas em uma maior quantidade, enquanto duas empresas grandes disputam a presença em uma determinada região, as pequenas empresas somam cinco ou seis o que fomenta a competição por preços e serviços além de desbancar os grandes provedores.

De acordo com o Tecnoblog em setembro de 2019 foram registrados os seguintes alcances:

Empresas de pequeno porte – 3.509 municípios

Oi – 1.631 municípios

Vivo – 323 municípios

Claro/NET – 97 municípios

Outro destaque vai para o fato das pequenas empresas não oferecerem sinal de telefone e TV a cabo junta da internet, tais ofertas geram mais demanda de recursos físicos e financeiros, portanto nesses casos as empresas grandes podem se ver como uma vantagem.

Contudo, comercialmente falando, o poste usado para passar três tipos de sinais de uma grande empresa para um ‘’único’’ usuário passa três cabos de outras três empresas de pequeno porte para outros, três ou mais, clientes. Ponto negativo, mas que abre espaço para algo positivo quanto a entrega do sinal único de fibra óptica.

O crescimento dos pequenos provedores também tem sido de grande destaque na pandemia, por conta da migração para o home office e o isolamento social. Confira a matéria.

Dados: Tecnoblog e Teleco

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *