MVNO_FOTO

MVNO pode ser um importante aliado para Provedores de Internet

A inserção de ISPs no mercado de Operadoras Móveis pode abrir um leque de opções para o crescimento destes profissionais

Você já ouviu falar de MVNO (Mobile Virtual Network Operator), que quando traduzido é conhecido como Operadora Móvel Virtual? Trata-se de uma operadora de serviços de telefonia móvel que não possui frequência e, por isso, não tem uma rede própria para disponibilizar o serviço de telefonia móvel. Para isso, este provedor precisa utilizar a cobertura de outras empresas de telecomunicações por meio de um acordo mútuo entre as duas partes. Resumindo, são instituições que fazem parcerias com as operadoras tradicionais para usarem sua infraestrutura de rede e afins para criar novas utilizações para essa mobilidade.

O mercado de telecomunicações está em constante evolução. Provedores de internet surgem diariamente e vem ganhando espaço entre as grandes empresas do ramo. A Operadora Móvel Virtual é um negócio que pode dar muito certo, caso seja feito de maneira adequada. Esse novo modelo pode maximizar vantagens aos clientes, gerando novas fontes de receita, além de competitividade no mercado de serviços de telecomunicações.

Algumas empresas de telecomunicações e provedores de internet como a Use Telecom, Brisanet e Mob Telecom já aderiram ao MVNO. Essa iniciativa permitirá que mais pessoas tenham acesso à telefonia móvel por meio de seus provedores. Assim, clientes podem ter um leque completo de serviços, por um preço competitivo vindo de fornecedores que já conhecem e confiam.

“Conforme dados da consultoria Teleco, os provedores regionais (ISPs) respondem por 28% das conexões de Internet de banda larga no país, atrás apenas da operadora líder que tem 30%. Na banda larga móvel, todavia, as MVNOs (operadoras móveis virtuais) ficam em 0,01% do total. Em contrapartida, no segmento M2M (conexão entre máquinas), a participação das MVNOs chega a 5%.” – Fonte: site Telesíntese.

Dados da Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel confirmam que 78,2% dos municípios no país possuem cerca de cinco ISPs ativos, criando um mercado competitivo de serviços convergentes (Internet, TV, voz). Já os serviços móveis apresentam pouca oportunidade para uma oferta restrita à conectividade.

No entanto, o Plano Nacional de IoT prevê movimentação média de R$400 bilhões até 2025 para recursos relacionados a interconexão de máquinas e dispositivos. Diante disso, a parceria do novo negócio MVNO com provedores de internet é bastante inovador para o mercado, mas tudo indica que seja uma grande oportunidade para empresas, que têm acesso mais ágil às inovações com fornecedores, conhecem as demandas junto com seus clientes.

Fonte: telesintese.com.br e teleco.com.br

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *